29 junho 2009

Review M&M no Diário Digital

Critica ao álbum M&M no site Disco Digital, por Davide Pinheiro. É sabido que este jornalista, nutre muito pouco gosto pelos Incubus, daí esta review não ser nada de anormal.

«Monuments And Melodies», Incubus
Davide Pinheiro

"Na viragem de século, os Incubus deram cartas entre o rock adolescente de então. «Monuments And Melodies» confirma que era muita parra (leia-se ruído) e pouca uva.

Nascidos na segunda metade da década de 90, os Incubus acompanharam o fenómeno nu metal (basta recordar a sua presença na digressão Family Values) sem nunca se colarem demasiado a um fenómeno que se viria a revelar sazonal.

À medida que os Incubus se aproximaram do FM americano, o funk metalizado perdeu espaço. Brandon Boyd passou a viajar junto aos corações das adolescentes e a banda subiu aos tops. Esta antologia surge dez anos depois da subida dos Incubus à alta esfera do rock.

Sociologicamente, o máximo que se pode retirar deste «Monuments And Melodies» é um sinal claro de recuperação da década de 90. Mas será que os Incubus produziram uma obra valiosa ao ponto de despertarem a nostalgia dos adolescentes de então?

Esta colecção de «melodias» é uma confrangedora demonstração de falta de inventividade. Os Incubus são o exemplo acabado do que foram alguns dos piores momentos do rock no início da década. Felizmente, esse espaço foi (bem) ocupado por Strokes ou White Stripes."

Incubus no Rock In Rio Lisboa 2010?
O Rock in Rio Lisboa de 2010 já está a fazer uma pré-sondagem das bandas que o público mais quer ver nesse festival. Nesse site, podem fazer as vossas votações, e até adicionar os Incubus na vossa preferência. Cliquem neste site e adicionem os Incubus. (Obrigado à Mafalda C, pela dica)

10 comentários:

zbrungenz disse...

A partir do momento em que esse Davide falou em Strokes, perdeu logo toda a credibilidade.

Poucos conseguem perceber o verdadeiro génio por detrás de cada um dos membros dos Incubus e ficam-se pelas fáceis referências ao mainstream e musicas para adolescentes.

Incubus são das bandas mais completas que conheço e (sem contar com algumas manias do Brandon :P) não seguem as modas.

Espero que venham cá o mais rápido possível e que mostrem o seu valor, mais uma vez!

Luis Miguel disse...

Concordo plenamente contigo, aquela boca dos The Strokes mandou-o logo pelo cano abaixo...
E considerar Incubus uma falha na história da música no final dos anos 90 é simplesmente absurdo mas enfim...
Que manias são essas do Brandon? =D

Mark disse...

Boas pessoal, ainda não acredito bem no que acabei de ler...
É complicado aceitar estas afirmações, que de real tem muito pouco. Umas das bandas que concidero mais bem inspirada e futurista dos ultimos tempos (sim, porque o cenario hoje em dia se foca na reutilização da imaginação de bandas com 20 a 40 anos de existência) n que seja contra, mas... Como disse o senhor mike patton: "Em que ano estamos?"

Anónimo disse...

Jornalista? Onde onde onde?? O_o

Enfim, são opiniões e há q respeitá-las.....E NÃO CONCORDAR COM ELAS neste caso! É lixado é q haja gente a ser paga para escrever baboseiras destas sem conhecimento de causa (ou pouco, vá lá...) e q os megalomaniacs não ganhem cheta por manter este blog, que diga-se de passagem, contém jornalismo VERDADEIRO...que só por acaso não rima com Davide Pinheiro! Whatever....... -____-

ritap disse...

Dá para rir, no mínimo!
Sim sr, enquanto existirem destes jornalistas que nem criticar sabem, o futuro da música está garantido.

"Muita parra (leia-se ruído) e pouca uva"...a piada do ano. Só mesmo quem não percebe nada de música diria algo assim. Inacreditável. Reduzir a música de Incubus a ruído...priceless!

"Será que os Incubus produziram uma obra valiosa ao ponto de despertarem a nostalgia dos adolescentes de então?"...hummm, se calhar é por isso que alguns deles ainda vêm cá ao blog, por ex, e se calhar é por isso que apesar de todas as críticas eles continuam por aí.

"exemplo acabado do que foram alguns dos piores momentos do rock no início da década"...priceless parte 2!!

Ainda bem que não dependemos deste "jornalista" para ouvir boa música e para reconhecer o valor de uma banda. É por isso que as vendas na área da música são o que se vê. Não esperava outro tipo de críticas. Críticas sim, mas com pés e cabeça se faz favor! Citando o sr Davide esta reportagem é "uma confrangedora demonstração de falta de inventividade".

Bánia disse...

Nem falo no que ele diz, mas não notam uma certa falta de coerência? Anda por aí a misturar as "épocas" dos Incubus e quem não os conhcer não percebe nada :S

alvaro disse...

boa noite pessoal...a alguns anos que acompanho o vosso blog (como n podia deixar de ser para um fã de incubus) mas é a 1ª vez que comento...merito para o senhor davide que demonstra ser um grande intelectual da musica e um grande seguidor dos interesses dos adolescentes...eu que tenho 24 anos e continuo a seguir incubus fico contente por ainda ser considerado adolescente por esse senhor:))na volta ainda me considera gay tb por gostar de ouvir o brandon lol parabens pelo blog pessoal

Rafael disse...

Sou honesto, não concordo com Best Off's, acho que foram feitos para somente para gerar dinheiro e não trazem nada de novo.

Anónimo disse...

http://absurdo.wordpress.com/2008/01/07/um-jornalista-com-dois-heteronimos/

Marino disse...

Boas pessoal... E eu k vim ao Google procurar por noticias dos incubus para ver se vinham ca e deparo-me com este blog... No que me recuso a comentar pois ja tudo foi dito...

Pessoal se souberem noticias dos Incubus mandem o toque para aqui...

Cumprimentos